Veja a seguir algumas informações relevantes para a sua empresa.

Aposentadoria 2021: Saiba como aumentar seu benefício em até 6 vezes


Na matéria de hoje vamos explicar como aumentar sua aposentadoria em até 6 vezes, se você tem dúvidas sobre este assunto, continue conosco e fique por dentro. 

Existe uma revisão do INSS chamada de Revisão da vida toda, ela pode aumentar seu benefício em até 6 vezes, esta revisão tem o objetivo de pedir à Previdência o recálculo da média salarial, lembrando que é considerado todos os salários do trabalhador, principalmente os anteriores a julho de 1994. 

A Revisão da Vida toda teve o julgamento do Superior Tribunal de Justiça a favor do tema 999.

Portanto o aposentado poderá receber de acordo com a avaliação de especialistas em direito previdenciário, este valor pode ter um aumento de seis vezes que o anterior. 

Antes da Reforma da Previdência 
Antes das novas regras da previdência entrar em vigor, o INSS calculava a média do salário com base nos 80% maiores salários do trabalhador a partir de julho de 1994, porém esta análise mudou. 

Segurado que recebe o piso da aposentadoria.Para esses segurados, eles poderão receber do teto da Previdência um aumento muito significativo com mais de 100% de ganho. 

Mas em algumas situações vai depender de alguns fatores, veja! 
O Senhor Mário trabalhou a vida inteira recebendo sobre o teto da previdência e no ano de 1993 no entanto passou para a informalidade, se tornou empresário e deixou de contribuir com o INSS desde então, o benefício do senhor Mário na regra antiga foi de um salário mínimo, lembrando que ele não tinha qualquer contribuição depois de 1994, mesmo que o salário dela garantisse o benefício do valor do teto. 

Benefício no teto 
Para o aposentado que teve contribuições anteriores ao ano de 1994, ele poderá ter o seu benefício revisado e poderá receber o teto da previdência, até porque trata-se de uma situação em que a pessoa teve uma diferença em mais de R$ 4 mil.

É importante  lembrar que esta ação tem peculiaridade, o que vai definir isto é a situação de cada segurado, alguns trabalhadores vai ter uma variação de 200%, 300% e assim por diante e existem pessoas que o cálculo infelizmente pode piorar. 

Fonte: Jornal Contabil | 18/11/2020